Rua José Bento, 145, Cambuci, São Paulo, SP (11) 3346-3505 | (11) 97495-6610 sac@ergotec.com.br

Entregamos

em todo o Brasil

Parcelamos

em até 12x sem juros no cartão

33 anos promovendo

ergonomia e saúde

O que é a síndrome do túnel do carpo?

Síndrome do Túnel do Carpo é uma doença que provoca dores intensas na mão e no antebraço, geralmente acompanhada de formigamento e dormência nos dedos. Entre a mão e o pulso existe um canal estreito chamado túnel do carpo, formado por tendões, ossos adjacentes e nervos.

Com o pinçamento, ou compressão, do nervo mediano, que passa pelo túnel carpo e confere sensibilidade ao polegar e outros dedos, podem surgir sintomas característicos da Síndrome que afetam a qualidade de vida e saúde de pacientes. A origem, porém, varia em cada paciente e pode ser influenciada por fatores de risco.

Entenda o que é a Síndrome do Túnel do Carpo, sintomas, causas, tratamento e como preveni-la.

Sintomas

Os sintomas podem aparecer discretamente e evoluir, de acordo com cada paciente, geralmente à noite ou após a movimentação intensa dos membros superiores. Parte ou toda a mão, tanto a esquerda quanto a direita, é a principal área afetada pela dor, formigamento e dormência, em alguns casos, passando pelo braço e podendo chegar ao ombro.

Na tentativa de aliviar esses sintomas que causam estranhamento, é comum tentar sacudir a mão para cessar a dor intensa e o formigamento acompanhado da dormência e queimação.

Com a evolução dos sintomas, os pacientes que possuem esta síndrome podem sentir dificuldades ou até mesmo não conseguirem executar atividades de rotina relativamente simples, como segurar uma xícara, escrever ou amarrar os cadarços.

Causas

A Síndrome do Túnel Carpo pode ter como causas os movimentos intensos e constantes, principalmente no ambiente de trabalho, ou seja, são decorrentes de lesões por esforços repetitivos (LER).

Além disso, também pode ser causada por traumas diretamente na área, decorrente de quedas e fraturas, doenças inflamatórias como a artrite reumatóide, e ainda por alterações hormonais, como de pessoas com diabetes e grávidas que também podem apresentar sintomas. 

Diagnóstico

O diagnóstico da Síndrome do Túnel Carpo é feito por meio da avaliação médica e testes que determinam sua presença. São utilizados o teste de Phalen, onde o pulso é flexionado durante um minuto, o que acaba agravando a dor, e o teste de Tinel, que estimula o nervo desencadeando o formigamento. Além destes, outros exames complementares podem ser solicitados.

Tratamentos

Para uma investigação e tratamento adequados, é importante que o paciente busque por suporte médico. O grau de comprometimento de cada caso será avaliado e podem ser indicados o uso de compressas de gelo, repouso da mão afetada, injeções de corticóides ou mesmo a cirurgia da mão.

Também sob prescrição médica, a munhequeira com tala é um tipo de órtese indicada para imobilização do pulso e do polegar, dependendo do modelo. É importante que esta seja ajustável para não comprimir e piorar a evolução da doença.

Prevenção

Ainda que a Síndrome do Túnel do Carpo não tenha uma causa única, os cuidados com os movimentos e esforços das mãos e dos punhos podem ajudar a evitar riscos. Manter a posição correta dos punhos, retos, ao usar o mouse e teclado estão entre os cuidados que ajudam a prevenir esta e outras doenças decorrentes das LER.

Baixe este ebook sobre riscos ergonômicos no trabalho e conheça quais são e como evitá-los.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *