Rua José Bento, 145, Cambuci, São Paulo, SP (11) 3346-3505 | (11) 97495-6610 sac@ergotec.com.br

Entregamos

em todo o Brasil

Parcelamos

em até 12x sem juros no cartão

33 anos promovendo

ergonomia e saúde

5 dicas de ergonomia para evitar dores nas costas

É natural que o profissional, ao chegar ao trabalho, vá direto para a sua cadeira, sente e já comece a produzir as tarefas do dia. E muitos reclamam de dores nas costas ao final do expediente. Sabe porque isso acontece?

A postura errada pode ser extremamente prejudicial para sua coluna e, por isso, é preciso estar atento à ela. Isso porque as dores nas costas são uma das maiores causas de afastamento no trabalho e, se não tratadas, podem evoluir para algo mais sério.

Além da má postura, o tempo em que você fica parado na mesma posição também impacta na dor, fazendo com que a sua coluna seja lesada, podendo até se desenvolver uma dorsalgia (dor na coluna torácica), prejudicando a sua saúde e também a produtividade da empresa, já que ela conta com seus afazeres para finalizar a demanda ou o projeto que está em andamento.

Causas da dorsalgia

Essa dor pode ser desenvolvida pela má postura e muito tempo parado na mesma posição. Os músculos, nervos e articulações podem sofrem lesões, causando muita dor de cabeça para você e para a empresa.

Por isso, elaboramos este artigo, a fim de te ensinar a prevenir essas dores e continuar a ter um ótimo rendimento no trabalho e a saúde em dia.

Veja a seguir 5 dicas de ergonomia para evitar dores nas costas

Alongamento

O alongamento é essencial para quem trabalha em escritório ou muito tempo parado na mesma posição. Isso porque o alongamento consegue trabalhar todos os músculos do braço, dos ombros e também das pernas, melhorando a circulação sanguínea e prevenindo lesões por falta de movimentação.

A coluna também deve ficar ereta todo o tempo, para evitar distensões musculares e sobrecarga nas vértebras, pois distribui o peso de maneira igualitária, fazendo com que todo o corpo trabalhe corretamente – incluindo os órgãos.

Intervalos e movimentação

O ideal para a saúde física e mental é que você se levante, faça pequenas caminhadas, se alongue de 30 em 30 minutos. Deste modo a circulação sanguínea vai melhorar, assim como o oxigênio, pois ao caminhar você respira muito melhor do que parado. Portanto, o seu cérebro vai receber mais oxigênio, melhorando a concentração, impactando diretamente nos resultados do trabalho.

Dica extra: nunca fique mais que duas horas na mesma opção, se possível coloque o celular para despertar e se locomova com frequência.

Adequação de assentos

É altamente importante ter uma cadeira ergométrica, na qual você consiga ficar confortável, estável e onde consiga trabalhar corretamente ao longo do dia.

É importante que ela seja ajustável, para que você a coloque na posição ideal à sua altura e fique confortável e com os pés completamente apoiados no chão. Também é preciso que a sua cadeira tenha antebraços, para que seus braços fiquem apoiados e em posição estável. Outro ponto a ser observado são os encostos, que devem ser firmes e permitirem o apoio da lombar.

Parece besteira, mas não é. Cadeiras e assentos ruins e inadequados favorecem, e muito, o desenvolvimento de dores nas costas.

Posição dos pés

A posição dos pés também é importante para prevenir dores nas costas, isso porque, todo o corpo precisa estar trabalhando e na posição correta para que não seja prejudicado.

Seus pés precisam estar tocando ao chão, ou se não alcançarem, precisam estar estáveis em cima de um apoio portátil. Os joelhos devem ficar em um ângulo de 90 graus para que não haja sobrepeso ou compressão nos joelhos.

Você também deve evitar cruzar as pernas para que não haja compressão e nem prejudique a circulação sanguínea nos membros inferiores.

Posição dos braços e ombros

Mantenha os cotovelos apoiados numa posição confortável, com um apoio para pulsos, braços e até cotovelos.
Os ombros devem ficar inclinados levemente para trás para evitar a posição de corcunda, prejudicando a coluna, o pescoço e as vértebras que ali existem.

É importante também que a sua cabeça fique reta, numa distância de 50 a 70 cm da tela do computador. Ficar com a cabeça inclinada para baixo favorece o aparecimento de distensões musculares e dores no pescoço.

No mais, essas dicas vão te fazer ter uma qualidade de vida melhor e um desempenho satisfatório no trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *